Notícia com credibilidade é na Top!

Segunda-feira, 20 de maio de 2024
informe o texto

Notícias

Confresa

Dados SMS

Somente nos oito primeiros dias de fevereiro, 31 casos de Chikungunya foram registrados em Confresa

Carla Rezende / SBT Confresa

09/02/2024 - 07:25 | Atualizada em 09/02/2024 - 07:28

Os diagnósticos de dengue e Chikungunya somaram 183 casos nos primeiros meses de 2024 em Confresa. Em janeiro foi registrado pela Secretaria Municipal de Saúde, 127 casos de dengue, número que pode ser maior devido a subnotificação, ou seja, na prática nem todas as pessoas que contraíram a doença foram as unidades de saúde para se submeterem ao diagnóstico, sendo assim, esses casos não somam aos dados oficiais. 

No mesmo mês foram comunicados 04 casos de Chikungunya, esse número cresceu e muito nesses primeiros dias de fevereiro com registro de 31 casos. Uma doença que tem como sintoma febre acima de 39 graus, dores intensas nas articulações de pés e mãos - dedos, tornozelos e pulsos. Pode ocorrer, também, dor de cabeça, dores nos músculos e manchas vermelhas na pele. 

Os sintomas da dengue também são parecidos com o da Chikungunya, pode haver febre alta, erupções cutâneas e dores musculares e articulares. 

Nesse ano, o Ministério da Saúde anunciou que a vacina da dengue fará parte do calendário de vacinação, mas a chegada do imunizante no em MT deve demorar um pouco.” O nosso estado não foi contemplado nesse início, vai ser distribuído (primeiramente) aos estados e as cidades que tiver mais mortes, mais casos notificados”, ressalta Adriane Resplande, coordenadora do centro de imunização de Confresa.  

Enquanto a vacina não chega, a melhor forma de prevenção da dengue é evitar a proliferação do mosquito Aedes Aegypti, eliminando água armazenada que podem se tornar possíveis criadouros, como em vasos de plantas, pneus, garrafas plásticas, piscinas sem uso e sem manutenção, e até mesmo em recipientes pequenos, como tampas de garrafas.

 
Sitevip Internet
Fale conosco via WhatsApp